Mr-logo
Esta versão do De Olho está disponível apenas para a cidade do Rio de Janeiro. Em breve disponibilizaremos para toda a Rede Minhas Cidades.

Sete sessões; nenhuma discussão.

13 de Maio de 2013, 11:58
Dsc_1133

Quem assinou a petição do Meu Rio sobre a RioSaúde tem acompanhado a frustrante novela que é a tramitação desse projeto de lei na Câmara dos Vereadores.

Após 7 sessões, o projeto sequer foi debatido seriamente e muitas dúvidas ainda não foram respondidas. Ainda assim, o governo tem muita pressa na aprovação do projeto de lei.

Na quinta-feira passada o projeto entraria em segunda votação: a última, antes de ir à mesa do Prefeito para ser sancionado. No entanto, o vereador Cesar Maia (DEM) conseguiu colher as assinaturas necessárias para apresentar um substitutivo, que fez com que o projeto saísse da pauta para ser analisado pelas Comissões. O Presidente Jorge Felippe (PMDB), no entanto, interpretou que como o regime do projeto é de urgência, ele não voltará para as Comissões: o substitutivo deverá ser analisado até amanhã, quando as Comissões deverão dar seus pareceres oralmente, no plenário.

Para piorar a situação, o vereador Guaraná (PMDB), líder do governo, fez um requerimento para encerrar a discussão do projeto! Ou seja, mesmo tendo recebido um substitutivo, o projeto deverá ir para votação amanhã sem que haja qualquer discussão.

Mesmo com todos esses absurdos, ainda temos a chance dos números estarem ao nosso lado: Nossa pressão já conseguiu mostrar a alguns vereadores a importância de barrarmos a RioSaúde para que essa mudança não seja aprovada assim, sem esclarecimentos. Por isso estamos convocando todos os cariocas para lotarem as galerias da Câmara Municipal amanhã e mostrar aos vereadores que uma mudança tão grande na gestão da saúde não pode ser feita sem discussão! Para confirmar sua presença no evento, clique aqui!

O que você achou? Comente!

Wiki-widget-header
O que é...Maioria absoluta

Quando mais de 26 vereadores devem votar na proposição para ela ser considerada aprovada ou não.