Mr-logo
Esta versão do De Olho está disponível apenas para a cidade do Rio de Janeiro. Em breve disponibilizaremos para toda a Rede Minhas Cidades.

Pá de cal

07 de Novembro de 2013, 14:45
Sessao_dia_6_c_pia

A Escola Friedenreich, velha conhecida dos membros da Rede Meu Rio, foi tombada ontem na Câmara dos Vereadores, de forma unânime, sem abstenções. Um ano atrás, essa mesma escola era alvo de uma ameaça que teria se concretizado não fosse a mobilização liderada pela comunidade pedagógica da escola. A pressão sobre governantes fez, primeiro, a secretária Claudia Costin vir a público dizer que a escola não seria demolida nas férias; depois a declaração do governador Sérgio Cabral de que a escola permaneceria de pé; e agora, como pá de cal sobre os planos de demolição, os vereadores do Rio tombaram a Friedenreich como patrimônio da cidade por interesse social e educacional.

Da tribuna, o autor do projeto (PL 469/2009), vereador Carlo Caiado (DEM), apelava aos colegas, lembrando que a escola é uma das melhores da cidade e que, além disso, deveriam preservá-la por guardar a memória de um grande artilheiro do Flamengo. Aliado a um ano de pressão de mais de 20 mil cariocas aliados da mobilização, o apelo do vereador foi atendido. Agora, o projeto vai à sanção do Prefeito Eduardo Paes, que ainda tem o poder de vetá-lo. Todavia, se sancionado, apenas um novo projeto de lei, revogando o aprovado, poderá tirar o status de tombamento da escola, diferente do que ocorreu quando, por decreto do Prefeito, ela foi deixada à especulação de demolição para as obras do Maracanã.

Empréstimo de $ 3 bilhões aprovado em 2ª discussão

O outro ponto importante na pauta foi a aprovação, em segunda discussão, do Projeto de Decreto Legislativo (PDL) 42/2013, que libera o empréstimo de R$ 3 bilhões para obras de infraestrutura viária para a cidade. Contra o projeto, os vereadores Márcio Garcia (PR), Teresa Bergher (PSDB), e toda a bancada do PSOL se opuseram aos outros 36 que votaram a favor.

Nota final: a entrada na Câmara foi conturbada. Seguranças da Casa me impediram de entrar na Galeria com a desculpa de estar "em reforma". Acabei conseguindo assistir à sessão da Tribuna da Imprensa.

Texto escrito pelo olheiro Antônio Mariano, com a colaboração de João Senise.

Presentes na sessão (47): Atila Nunes, Carlo Caiado, Carlos Bolsonaro, Cesar Maia, Chiquinho Brazão, Dr. Carlos Eduardo, Dr. Eduardo Moura, Dr. Gilberto, Dr. Jairinho, Dr. João Ricardo, Dr. Jorge Manaia, Edson Zanata, Eduardão, Eliomar Coelho, Eliseu Kessler, Guaraná, Jefferson Moura, Jimmy Pereira, João Mendes de Jesus, Jorge Braz, Jorge Felippe, Jorginho da SOS, Junior da Lucinha, Laura Carneiro, Leila do Flamengo, Luiz Carlos Ramos, Marcelino D’Almeida, Marcelo Arar, Marcelo Piuí, Marcelo Queiroz, Marcio Garcia, Paulo Messina, Paulo Pinheiro, Prof. Uston, Rafael Aloisio Freitas, Reimont, Renato Cinco, Renato Moura, Rosa Fernandes, S. Ferraz, Tania Bastos, Teresa Bergher, Tiago K. Ribeiro, Tio Carlos, Vera Lins, Willian Coelho, Zico.

Ausentes (4): Alexandre Isquierdo, Elton Babú, Leonel Brizola Neto (motivos de saúde) e Verônica Costa.

O que você achou? Comente!

Wiki-widget-header
O que é...Votação nominal

Quando um vereador tem que registrar seu voto no painel de votação.